Canal Confidencial AgroSB

Registre o seu relato Acompanhe o seu relato



Termos de uso

1. Este site é uma ferramenta on-line confidencial, operado pela Deloitte para permitir que os colaboradores da AgroSB façam questionamentos e denunciem suspeitas de violações ao Código de Ética, às suas políticas/ou às leis e aos regulamentos aplicáveis. A utilização deste site é totalmente voluntária. Encorajamos você a denunciar possíveis violações diretamente ao seu superior imediato, a Gestão de Pessoas e/ou a um dos Comitês de Ética da AgroSB. Contudo, se você se sentir mais confortável e seguro, poderá utilizar este canal para fazer sua denúncia. Esteja ciente de que as informações fornecidas sobre você e seus colegas, ou qualquer aspecto sobre operações da AgroSB, podem resultar em decisões que afetam outras pessoas. Por isso, pedimos que você forneça somente informações que, até onde saiba, são corretas e reais. Você não será alvo de retaliação por parte da AgroSB, por nenhuma denúncia de suspeita de violações a lei e/ou ao Código de Ética feita de boa-fé, mesmo que, posteriormente, ela se revele incorreta ou improcedente.

Esteja ciente, contudo, que o fornecimento intencional de informações falsas ou equivocadas não será tolerado. A denúncia anônima é aceita, mas é recomendável que você deixe alguma forma de identificação ou contato para que possamos acompanhar seu caso e tirar possíveis dúvidas. Em ambas as situações, as informações que você enviar serão tratadas de forma absolutamente confidencial e sigilosa.

Que tipo de informação é coletada? O Canal Confidencial AgroSB captura as seguintes informações:

I) descrição da suspeita de violação ao Código de Ética, à lei ou a procedimentos e normas da empresa, incluindo todos os fatos e detalhes relevantes;

II) o nome, cargo e local de trabalho de todos os indivíduos mencionados na denúncia;

III) se você desejar fornecer seu nome e detalhes de contato (para permitir que entremos em contato com você para esclarecer eventuais dúvidas);

IV) qualquer dúvida que você possa ter em relação ao Código de Ética e ao funcionamento do Canal Confidencial AgroSB.

Como serão utilizadas as informações? As informações fornecidas por você serão armazenadas em servidores hospedados pela Deloitte no Brasil. A menos que exigido de outra maneira pela legislação, as informações contidas no banco de dados do Canal Confidencial AgroSB podem ser analisadas e utilizadas somente por indivíduos que precisem acessar os dados para concluir suas tarefas. Entre estes indivíduos se incluem os colaboradores responsáveis pelos Comitês de Ética da AgroSB, consultores externos da AgroSB, trazidos para auxiliar na investigação da denúncia, e a equipe da Deloitte responsável pela prestação do serviço do Canal Confidencial AgroSB.

A AgroSB avaliará as informações fornecidas por você e poderá, se necessário, conduzir uma investigação. Sua cooperação e auxílio em tal investigação podem ser necessários. Se uma investigação apontar que ocorreu uma violação ao Código de Ética, às políticas da AgroSB e/ou à legislação e aos regulamentos aplicáveis, a AgroSB tomará as medidas cabíveis de acordo com as circunstâncias.

A AgroSB tomará as medidas técnicas, organizacionais e legais adequadas para proteger as informações fornecidas a AgroSB, também exige que a Deloitte proteja adequadamente os seus dados pessoais e não os utilize para fins não autorizados.

2. O conteúdo, fotografias, marcas, títulos, sons, vídeos, dados, são de propriedade da Deloitte e/ou da AgroSB, não sendo autorizada sua reprodução, transmissão, exploração, armazenamento ou qualquer tipo de uso. O usuário assume toda e qualquer responsabilidade, de caráter civil e/ou criminal, pela utilização indevida de todo e qualquer material do site

3. O provimento de condições apropriadas de acesso à Internet é de responsabilidade da prestadora de serviços contratada pelo usuário para tal finalidade (provedor). Em caso de perda de conexão à Internet, no momento do registro de um relato e/ou envio de informações, não será devida qualquer indenização por parte da Deloitte, tendo o usuário que aceitar a implicação da eventual falha

4. O conteúdo dos relatos preenchidos no formulário eletrônico do site é de única e exclusiva responsabilidade do usuário. A Deloitte não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente dos relatos registrados por terceiros.

5. A Deloitte não registra o IP pelo qual o usuário acessou o site.

6. Os relatos poderão ser registrados de forma anônima, sempre que o usuário desejar.

7. Qualquer acesso não autorizado a áreas privativas do site, assim como tentativas ou consumação de acesso ao código-fonte, serão consideradas atos de violação, sendo devidamente tratadas de acordo com a especificação penal vigente à época.


Registre o seu relato

A AgroSB preza pela integridade, transparência e responsabilidade nas relações com todos os seus públicos. Por isso, a informação verdadeira e honesta e o cuidado com a conduta ética de seus líderes, colaboradores e fornecedores são sempre valorizados.

Qualquer ato que não estiver de acordo com o Código de Ética deve ser reportado. Além disso, qualquer informação ou situação que possa prejudicar a AgroSB ou algum de seus públicos é importante, merece atenção e pode ser relatada ao Canal Confidencial AgroSB.

O Canal Confidencial AgroSB é atendido pela Deloitte, uma empresa séria e independente, que assegurará a confidencialidade das suas informações. Não há o registro dos IPs dos computadores dos usuários do sistema via internet.

Conheça o Código de Ética da AgroSB, clicando aqui.

Você também pode registrar o seu relato enviando um e-mail para: agrosbconfidencial@deloitte.com, ou entrando em contato pelo número 0800 750 5528



Dúvidas Frequentes


O primeiro passo é consultar o seu Gerente ou Diretor. Na dúvida ou se não estiver confortável com a consulta, entre em contato com o Canal Confidencial. É preferível realizar um relato anônimo a se omitir.
Além da Deloitte, que opera o Canal Confidencial os membros do Comitê de Ética, possuem acesso aos relatos, após tratamento da Deloitte.
Não. A decisão da Instituição é de não tolerar retaliações e será garantido o total anonimato.